Portal da Cidade Campina Grande

Otorrino

Rinoplastia

Ela é indicada tanto para a correção de imperfeições estéticas como para o tratamento de desvios funcionais, ajudando os pacientes a respirar melhor.

Postado em 18/10/2021 às 17:05 |

Rinoplastia é a cirurgia plástica destinada a corrigir os defeitos externos do nariz, buscando harmonizar a forma e o tamanho do mesmo aos demais elementos da face, realçando os traços do rosto e aumentando a autoestima dos pacientes. O procedimento também corrige deformidades e defeitos nasais, assimetrias congênitas, traumáticas ou adquiridas durante a vida.

Trata-se de um dos procedimentos cirúrgicos estéticos mais procurados nos consultórios médicos. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a rinoplastia é uma das 5 cirurgias plásticas mais comuns no Brasil.

Ela é indicada tanto para a correção de imperfeições estéticas como para o tratamento de desvios funcionais, ajudando os pacientes a respirar melhor.

O nariz é um dos atributos mais proeminentes e notáveis de toda a face e exerce um efeito importante na aparência geral. Além disso, exerce uma função crítica ao permitir a passagem do ar controlando a sua umidade, temperatura e pureza antes de atingir os pulmões. A cirurgia estética nasal tem repercussão funcional e o contrário pode também acontecer. Por isso, é praticamente impossível uma rinoplastia sem uma abordagem funcional integrada.

A indicação para rinoplastia parte geralmente de insatisfação do indivíduo com a aparência externa de seu nariz, a qual na maioria das vezes está associada a problemas na função nasal. O paciente deve estar ciente se no seu caso existirem fatores limitantes a um certo resultado. Esses fatores são constitucionais das pessoas e muitas vezes dificultam ou impedem que se alcance algumas metas, como: afilamento nasal (em especial da ponta), quando a pele em questão é muito espessa; correção completa da laterorrinia (nariz torto), em casos onde há assimetria (diferença entre as duas metades da face) muito acentuada, entre outras.

A rinoplastia pode ser feita de duas maneiras: por via aberta ou fechada. A escolha pela forma como se dará o acesso à área tratada – qual será o tipo de incisão – varia de acordo com o(s) tipo(s) de técnica(s) empregadas e as características individuais de cada paciente. Só assim o especialista poderá reduzir, aumentar, alinhar ou reconstruir a estrutura nasal.

A rinoplastia estruturada visa alcançar resultados mais consistentes e duradouros a longo prazo tanto do ponto de vista estético como funcional. Desenvolvida nos EUA na década de 1990, busca corrigir as deformidades e queixas estéticas do paciente através da colocação de enxertos estruturados de cartilagem (septo nasal, orelha ou cartilagem costal), buscando reforçar a infraestrutura e o alicerce do nariz para que, dessa forma, além de melhorar a respiração nasal, previna deformidades estéticas futuras decorrentes da fibrose, cicatrização e do envelhecimento natural de cada indivíduo.


Dr. Emanuel Veras

CRM/PB 13022


Receba as notícias de Campina Grande no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias